QUEM SOMOS

A AMO Acalentar - Associação Ministério Nacional e Universal de Endometriose, Infertilidade e Dor Crônica do Brasil é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), constituindo um centro que promove o ensino, a pesquisa e a assistência à mulher portadora de endometriose, infertilidade e dor crônica, visando contribuir com a saúde e a qualidade de vida da mulher e seus familiares. Tem por finalidade o atendimento, assessoramento ou defesa e garantia de direitos na área da assistência social de forma permanente, planejada e continuada em especial as mulheres portadoras de Endometriose, Adenomiose, Infertilidade e Dor Crônica.

Missão

Lutar pela saúde da mulher, pelos direitos adquiridos e criar novos, construir novos rumos através do empoderamento global á mulher vulnerável. trazer à luz o invisível, gritar, gritar, gritar e ajudar a viver a calar a dor, acalentar, ouvir, educar ,informar, socorrer, acompanhar, proteger até a morte se necessário através do amor com ação, com atitude vendo-nos verdadeiramente no outro.

Valores

Amor ao próximo;

Ética a qualquer custo;

Fidelidade;

Integridade;

Lealdade.

Visão

Ser uma organização de referência mundial no cuidado, pesquisas e luta pela saúde mulher e seus direitos, com foco em: Endometriose, Adenomiose, Infertilidade e Dor Crônica.

O QUE FAZEMOS

  • buscamos melhoria nas condições de tratamento aos casais inférteis que apresentarem dificuldades físicas e/ou econômicas para constituir uma família, bem como das portadoras de endometriose e dor crônica, defendendo assim os seus interesses junto aos órgãos oficiais;

  • aproximamos as portadoras de endometriose de pessoas físicas e/ou jurídicas, profissionais e demais pessoas que possam oferecê-las melhores condições de tratamento e de vida, através de encontros recorrentes e cursos, além de estabelecer a ligação entre portadoras, profissionais da saúde e empresas dos setores secundário e terciário, comércio e prestação de serviços, interessados no tema;

  • promovemos acolhimento às portadoras de endometriose, por meio de orientações baseadas em vivências, aconselhamento profissional, assistência direta ou indireta, amizade, encorajamento e sentido de unidade na busca de melhores resultados quanto à avaliação e descoberta da origem da infertilidade e da endometriose, valorizando e elevando, assim, a autoestima da portadora, possibilitando, sobretudo, o melhor entrosamento e retorno à vida social;

  • estimulamos a prática de hábitos saudáveis, cujo objetivo é resgatar a qualidade de vida e o bem-estar, a fim de possibilitar uma vida sadia, alegre e produtiva;

  • trabalhamos com clínicas especializadas, sociedades médicas e escolas de medicina, no sentido de promover amplo programa médico-científico no campo da endometriose e da reprodução humana e dor crônica através de debates, conferências, reuniões, encontros, entre outros, visando o progresso nos estudos e pesquisas na área de endometriose, infertilidade e dor crônica;

  • promovemos assistência médica e psicológica através de convênios com clínicas, laboratórios e outros serviços especializados;

  • mantemos, entre as famílias, o espírito de solidariedade necessário ao apoio indispensável às portadoras de endometriose, da dor crônica e infertilidade;

  • cultivamos, entre os casais inférteis, o espírito de solidariedade necessário ao apoio indispensável para o sucesso do tratamento;

  • conscientizamos autoridades educacionais, de saúde e demais sobre as consequências da endometriose, da dor crônica e da infertilidade e obter a colaboração e apoio aos objetivos desta instituição;

  • manter de forma continuada, permanente e planejada, serviços, programas, projetos e benefícios de proteção social básica ou especial e de defesa de direitos sócio-assistenciais, dirigidos às portadoras de endometriose, dor crônica e infertilidade, e seus familiares.

No desenvolvimento de suas atividades, a AMO Acalentar preserva os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, economicidade e da eficiência e não fará qualquer preconceito ou discriminação de raça, cor, gênero, credo religioso, classe social, concepção política – partidária ou filosófica, e nacionalidade em suas atividades, dependências ou em seu quadro associativo.

"Quando nos apossamos do conhecimento e decidimos amar, agimos, nos tornamos fortes, o amor e conhecimento nos salva, cura, liberta e nos permite voar atravessando a fronteira do possível , nos leva à fazer e viver o impossível"
Maria Helena Nogueira - Fundadora da Organização