Como viver alinhada com seus sonhos

Se vivemos para sonhar, o que diremos para aqueles que realizam sonhos? Ou o que dizer para quem perdeu o sentido para continuar sonhando? No texto anterior da coluna Empoderamento Feminino, refletimos sobre a importância de reconhecer que podemos ser protagonistas e não somente apreciadoras dos talentos de pessoas talentosas. Ao mesmo tempo, para poder apreciar uma boa arte é necessário possuir a capacidade de se alinhar com a intenção do artista expressada na obra.


Alinhando sonhos

Talvez você seja uma realizadora de sonhos, porém como a grande maioria, muitas pessoas desistem dos sonhos mesmo antes de começarem a planejar. Se seu sonho é maior do que seu plano, a chance de conquistar se torna mais forte do que qualquer obstáculo que possa surgir no caminho. Talvez você tenha um sonho bem claro mas não sabe por onde começar. Saiba que se você sonha em realizar algo e sabe exatamente como fazer, isso pode significar que esse sonho não é precioso o suficiente para valer a pena. O processo que precede a conquista de um sonho é tão importante quanto a realização do mesmo.


Para estar alinhada ao sonho é necessário saber a verdadeira motivação, pois a recompensa é o combustível que você necessita para ir até o seu destino final. No entanto, o motor é responsável em proporcionar a força para fazer com que seus pés possam seguir para uma nova direção. O volante é a direção que você determina. Quando há necessidade de desviar dos obstáculos é você quem toma a decisão do movimento a ser feito. Assim como você também que decide quando mudar a rota ou parar para reabastecer para continuar então voltar a prosseguir. Entretanto, você pode ter o carro mais potente e moderno do mundo, com tecnologia avançada com capacidade de se mover e desviar dos perigos, mais é você quem dar a direção, é você quem diz aonde você quer chegar, e somente você sabe é a sua verdadeira motivação.


Mas a verdade é que talvez não esteja claro para você qual é o seu destino. Talvez ainda não esteja claro quais são as suas motivações, ou pior, possivelmente a sua principal motivação está em agradar alguém ou realizar o sonho de alguém que deseje que você realize o que esta pessoa não foi capaz de realizar. É bastante comum encontrarmos pessoas que estão presas lutando para fazer com que os sonhos de seus pais de se profissionalizem em uma determinada profissão dos “sonhos” motivados pelas suas próprias frustrações. Ou que estão se cobrando por não terem a "família perfeita” com filhos, cachorro e papagaio como seus avós tiveram.


Somos mais de sete bilhões de pessoas no mundo. Se imaginarmos que cada ser humano possui ao menos três sonhos básicos podemos multiplicar esse número e chegar a conclusão que estamos mais envolvidos por sonhos do que por pessoas. Agora se nós pudéssemos aprender a sonhar alinhadas com a nossa verdade, nesse caso, não a nossa realidade atual, mais com a nossa verdadeira essência, identidade, poderíamos dizer que de uma forma ou de outra fazemos parte dos sonhos de alguém. Mas infelizmente, no mesmo instante que morre alguém muitos sonhos não realizados se vão também. Como é possível então saber se estamos alinhadas ou não com os nossos sonhos?


Entendendo os sonhos

Sonho é aquilo que você acorda para realizar e não necessariamente aquela experiência a noite enquanto você dorme. Apesar de que enquanto dormimos a nossa mente continua trabalhando o nosso cérebro necessita descansar para restabelecer para o dia seguinte. Enquanto isso o nosso subconsciente como se juntasse todas as informações e experiências do dia, codifica algumas das mensagens recebidas que acabam se tornando em sonhos noturnos que muitas das vezes são coisas ou sentimentos que não ficaram resolvidos durante o dia. Por isso que às vezes sonhamos com algo relacionado com os nossos desejos ocultos ou com os receios não revelados.


Quanto ao sonho que está relacionado com um desejo ou uma necessidade de conquista, nós temos total controle sobre eles. Ao contrário do que eu disse anteriormente , quando se você tiver um sonho muito importante e souber exatamente como fazer para chegar a realizá-lo significa que esse sonho não tem um valor real, ter o controle sobre o sonho aqui se refere que cabe a você determinar se vai realizar ou não. O maior inimigo dos seus sonhos é você e não os obstáculos. O maior motivador dos seus obstáculos são os seus medos, principalmente do fracasso.


Para entender melhor como o sonho exerce um poder sobre as nossas vidas é necessário avaliar quatro pontos básicos: 1) necessidade fisiológicas; 2) necessidades emocionais; 3) necessidade de sobrevivência que está relacionada a segurança física, emocional, financeira e relacional; 4) necessidade de auto realização.


Agora distribuía os quatro pontos da seguinte maneira; desenhe um triângulo fazendo dois riscos dividindo o triângulo em três partes, colocando na base suas necessidades básicas como: necessidades fisiológicas, segurança física e emocional. Na parte central do triângulo a necessidade de sobrevivência, que está relacionada a socialização e aceitação; e no topo a auto realização que está relacionada ao autoconhecimento, personalidade e crenças. Assim você pode começar a compreender a causa da maioria de nossas escolhas. Normalmente o ser humano foca em coisas essenciais, mas esquece que realizar sonhos também faz parte dessa lista.


O sonho também está relacionado à esperança que depositamos no futuro, nas pessoas e em nós mesmas. Se pararmos de sonhar a vida se torna sem sentido e por isso aumenta o risco de depressão e outras doenças crônicas. A forma como você sonha também está relacionada com a maneira com que você vê o mundo e a si mesma.


Sonhos que se tornam realidade:

  1. Você tem que acreditar - Para que seja possível tornar um sonho em realidade é necessário que você creia em você e no seu sonho. Pode ser que você seja a única pessoa que acredite no seu sonho, mas só você sabe a recompensa. Você deve buscar a energia necessária para realizar o seu sonho dentro dos motivos que compõem a sua verdade e não necessariamente as dos outros. Não se importe com a aprovação dos outros, pois o sonho é seu e você sabe qual é a sua verdadeira motivação. Se esse sonho específico estiver alinhado com a sua identidade e propósito de vida não desista jamais, principalmente se a recompensa beneficiar outras pessoas.


  1. Você deve agir - não adianta você crer se você não agir, pois a fé sem obra é morta. Não é necessário ter tudo na mão para começar, é preciso tomar o primeiro passo, mesmo que seja pequeno. Não espere muito tempo para iniciar o processo, você pode até não ter o controle sobre a data da realização mais do que fazer agora sim. Lembre-se que os cemitérios estão cheios de sonhos que foram adiados.


  1. Você tem que fazer um plano - quem não planeja não realiza o que deseja. Seu plano não necessita ser algo extremamente estruturado, mas precisa apresentar alguns pontos essenciais como: motivação, visão, custo inicial, parcerias e tempo mínimo
    para execução. Escreva em um papel ou desenhe de forma que você possa visualizar tanto o seu sonho como você desfrutando dos resultados ou a recompensa. Procure colocar o seu foco no resultado e não na dificuldade de hoje. Mas o plano só serve para te mostrar o rumo, uma direção, porém a melhor coisa a se fazer com o plano é rasgá-lo, ou seja conclui e segue em frente, não se prenda ao plano e sim no seu alvo. Você deve se manter flexível às mudanças mas jamais desista dos seus sonhos, adapte-os quando for necessário.


  1. Você precisa viver o sonho no agora - quando você trouxer o seu futuro para o seu presente ficará mais fácil manter a força para seguir em direção do seu objetivo.


  1. Você tem que estar preparada para mudanças - um sonho transforma, o resultado cura, por isso o que te trouxe até aqui em relação ao seu alvo não te levará até o final se você não permitir continuar a mudança em você.


  1. Você deve desenvolver resiliência - quem possui determinação obtém uma chance ainda maior de vencer os desafios se comparado com outras pessoas que desistem no primeiro não. A resiliência é uma característica de quem já sofreu muito e aprendeu a não arrebentar facilmente. Isso não significa que você não possa cair ao longo do caminho, mas você demonstra que sabe se reerguer sempre que for preciso.


  1. Você deve contar com apoiadores - para que o processo seja mais fácil ou menos doloroso é necessário contar com apoiadores. Nesse caso mesmo que alguém não acredite ou que tenha a mesma visão que você mantenha as pessoas que acreditam e apoiam você mesmo quando não estão de acordo. Procure pessoas que já conquistaram algo parecido ou que possuem habilidades necessárias para que você possa realizar o que você deseja. Certos planos dependem de patrocinadores, por isso ao invés de pedir ofereça o que o seu sonho tem de valor para convencer alguém a investir no seu sonho e quem sabe venha a se tornar um realizador de sonhos junto como você.


  1. Você precisa saber o que fazer depois como o seu sonho - mesmo que você não tenha que se preocupar com todo o percurso agora, mais e importante manter a sua mente aberta para expandir ou realizar sonhos ainda mais valiosos. Durante o processo procure identificar o que fazer com o que você está aprendendo para determinar outras metas para conquistar outros sonhos.


  1. Você deve estar preparada para perder - durante a realização de um sonho é inevitável não perder. A primeira coisa que você vai perder quando começar a jornada que vai te levar ao teu sonho é o medo. O medo da opinião dos outros, o medo das suas crenças erradas, o medo do fracasso. No entanto, para se dedicar para realizar o seu sonho você terá que se sacrificar, por isso você provavelmente vai perder o tempo que você utilizava para realizar outras coisas para se dedicar ao seu sonho. Porém vai valer a pena pois você estará investindo em algo maior. Mas você também tem que estar preparada para perder algumas pessoas que não estão alinhadas com a sua verdade. Aqui não significa que estas pessoas devem concordar com tudo que você diz ou faz, mas talvez não são o que você acreditava que elas fossem e possivelmente são até mesmo nocivas. Nesse momento você deve avaliar quem tem o maior valor para você.


O seu sonho deve estar também alinhado com o seu legado, mas quem transborda não se preocupa em deixar legado pois está transbordando tudo que sabe e o que faz na vida de outras pessoas. Para isso é essencial se conhecer profundamente. Reconhecer quem você é e não o que pensam sobre você. Por isso convido você a conhecer o movimento Transbordar que busca alinhar o seu sonho com o seu propósito e identidade de forma a não ter outra alternativa do que desenvolver a sua essência até alcançar outras vidas. Eu sonho com você, pois acredito em você mesmo sem te conhecer ainda.


Acesse o blog da Plataforma Digital Feminina e venha saiba como participar do Transbordar.