O Lado Emocional da Endometriose

Um dos maiores desafios para as mulheres portadoras da endometriose, são os reflexos causados pela doença: a dor!


Em 29 de outubro de 2022, a autora Lillian Donatti com a editora Appris, lançaram o livro com o título de "O Lado Emocional da Endometriose".


Neste livro você acompanha os aspectos emocionais da endometriose bem como as observações e as correlações entre estratégias de enfrentamento da depressão, níveis de estresse e percepção da dor em pacientes com endometriose.


Por se tratar de um distúrbio psicossomático, o paciente precisa ser ajudado, tanto fisicamente quanto psicologicamente. No Brasil, onde temos cerca de 7 milhões de mulheres com endometriose, uma busca na literatura envolvendo endometriose e pesquisas psicológicas encontrou muito pouco, principalmente quando se trata de estudos propondo intervenções.


Portanto, ao validar como essas variáveis ​​se relacionam, o livro "O Lado Emocional da Endometriose" resultado de um trabalho e muitas pesquisas, servirá de base para futuras pesquisas para propor modelos de intervenção eficazes.


A Doutora e escritora Lillian Donatti, menciona que, a hipótese original era que pacientes com endometriose que usaram estratégias positivas de enfrentamento, apresentariam melhor adaptação ao estresse, melhor quadro em relação à depressão e menor percepção de dor.

Confira o lançamento do livro "O Lado Emocional da Endometriose".

De acordo com as pesquisas realizadas pela doutora, foram analisadas 171 pacientes com diagnóstico de endometriose atendidas na Unidade de Endometriose do Ambulatório de Ginecologia do Hospital São Paulo da FMUSP. A mesma informa que todos os formulários de consentimento assinados e escalas de enfrentamento preenchidas (Cope Brief), depressão (Beck-II), estresse (ISSL-Lipp) e dor (Evad). Processamento estatístico das variáveis ​​por meio do teste qui-quadrado, nível de significância, agrupamento e Chaid. demonstraram a relação entre o uso de estratégias de enfrentamento positivas e a redução da depressão e do estresse.


Segundo a doutora Lillian Donatti, o estresse e a depressão, parecem estar relacionados. Em uma breve análise a autora mensura em seu livro que, quanto mais estressado, mais grave é a depressão, e vice-versa. Ela explica a correlação que leva ao estresse psicológico. Quanto à dor, verificou-se que mesmo na ausência de depressão ou estresse, a dor esteve presente em grande parte dos pacientes, porém, quando havia dor intensa, prevaleceu a depressão mais grave e o estresse psicológico.


O presente livro, tem por finalidade apresentar informações atualizadas, relevantes e informativas sobre os estudos mais recentes da endometriose.


As informações contidas neste livro beneficiam tanto os pacientes quanto aos profissionais de saúde que atuam nessa condição. A autora revela também, que visa mostrar como a endometriose pode ser significativa afetando os domínios emocionais dessas pacientes, e enfatiza a necessidade de um plano de tratamento eficaz para esta condição.

Com muitos anos de estudos científicos sobre a endometriose, a doutora e escritora Lillian Donatti com muita sabedoria, contempla à todas as portadoras de endometriose bem como os profissionais que atuam nas áreas de saúde, com um conteúdo rico de informações atualizadas e pertinentes sobre a endometriose com este livro "O lado Emocional da Endometriose".

Fontes: AMO ACALENTAR.

Escrito por: Henry Egidio / ProdutorZ - voluntário de comunicação audiovisual da AMO Acalentar Graduando em Produção audiovisual.

Galeria de imagens do lançamento...

Para uma qualidade de vida melhor

Se interessou pelo livro?

Onde encontro este livro?

Editora appris / Martins Fontes Paulista / Travessa / Amazon / Submarino / Americanas / Shoptime / Magazine Luiza

Quem sou eu?

Doutoranda em Ciências Médicas pela USP, mestre em Psicologia Clínica pela PUC-SP, especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental pelo CTCVeda-SP, pós-graduada em Psicologia Clínica pela PUC-SP, graduada em Psicologia pela UNIFMU, psicóloga clínica em consultório particular. Criadora do Projeto PsicoEndologia – o tratamento emocional da endometriose por meio da Terapia Cognitivo-comportamental. Autora do livro: “O lado emocional da endometriose”.

"Meu principal objetivo e missão neste caminho é auxiliar essas mulheres que, assim como eu, precisam encontrar uma melhor qualidade de vida". Fonte: https://psicoendologia.com.br/

Leia também...